20 dezembro, 2013

Lembro quando você disse que não gostava de livrarias grandes, que não eram tão aconchegantes quando as pequeninas, daquelas que o mesmo dono te oferece um cafezinho enquanto você procura aquele livro de edição limitada nas prateleiras de cima.
Lembro de achar um absurdo. Minha livraria favorita tem três andares e é quase do tamanho de um campo de futebol.
Mas agora fico pensando no quanto eu gostaria de te encontrar sentada numa mesinha, no canto de alguma livraria/café. Lendo poesia. Com aqueles óculos de grau coloridos.

30 outubro, 2013

preciso do teu código postal

Queria te escrever uma carta de amor bem apaixonada, sem importar os códigos sociais nem os julgamentos posteriores de aqueles que achem exagero. Somos feitos de exageros, oras, transbordando diariamente sentimentos que não podemos conter. Choramos para lavar a alma e beijamos para aquecer o coração. Somos assim, humanamente exagerados.
Related Posts with Thumbnails